Petrobras diz que óleo no Nordeste não dá sinais de estar retrocedendo

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, afirmou nesta terça-feira (8) que o óleo que atinge o litoral do Nordeste brasileiro é preocupante e não dá sinais de estar retrocedendo. As manchas de petróleo têm aparecido em praias nordestinas desde o início de setembro e já atingiram 132 localidades, em 61 municípios de 9 estados. De acordo com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), a mesma substância está poluindo a costa brasileira. A Marinha está fazendo o monitoramento de navios para identificar a origem do óleo que está poluindo as praias. Análises preliminares indicaram que se trata de petróleo cru, que não é produzido no Brasil.

Larissa Diamantino

Download